Segunda Turma do Curso Técnico em Agronegócio participa da primeira aula de campo na Fazenda Nova Bahia

Os alunos da segunda turma do curso Técnico em Agronegócio oferecido pelo SENAR através do polo Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães – SPRLEM, participaram da primeira aula presencial externa, dando início as disciplinas técnicas, com a Unidade Curricular de Introdução ao Agronegócio. A aula prática foi realizada na Fazenda Nova Bahia do produtor rural, Jaime Cappellesso, localizada na BR 020 km 185, no povoado Novo Paraná.

Durante a visita, os alunos participaram da “Aula de Campo da UC Introdução ao Agronegócio”, com o tema “Um empreendimento de sucesso” que tem como objetivo, mostrar aos alunos a história de um produtor rural desde a sua chegada na região até os dias atuais.

Os alunos foram recepcionados pelo proprietário da Fazenda, Jaime Cappellesso onde juntos visitaram a propriedade falando um pouco sobre a produção, e planejamento estratégico da propriedade. Em seguida, houve uma conversa do produtor com os futuros técnicos em agronegócio sobre sua história de vida como produtor.

A coordenadora do Polo do SPRLEM, Thalita Sampaio falou da importância das visitas técnicas durante o curso. “Essas visitas são de grande aprendizado para os alunos, cada visita que eles irão fazer ao longo do curso, serão relacionadas ao que eles estudaram em sala de aula. Hoje, os alunos puderam conhecer um pouco mais de um produtor rural com uma história de sucesso, e entender que as coisas são adquiridas através do esforço particular de cada um. Além da parte técnica vista, eles tiveram a oportunidade de conhecer também, um pouco da a história de superação e dedicação de toda sua família. Conhecendo histórias como esta, com certeza cada aluno se sentirá mais motivado a aprender e a trabalhar para, quem sabe um dia, ser um deles a contar a sua própria história de empreendedorismo de sucesso”, destacou Thalita.

ara o estudante do curso técnico em agronegócio, Ildemar Santana, as visitas no decorrer do curso serão de grande importância. “Há alunos que não tem contato e nem conhecimento com o campo, e são nessas visitas que aproveitarão para sanar suas dúvidas e adquirir experiência com o meio rural. Para os que já tem um certo contato, as visitas, irão acrescentar mais conhecimento, que no futuro quando nos formarmos, com certeza tornará o nosso trabalho mais fácil e eficiente”, falou.

Fonte: ASCOM Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães – SPRLEM

http://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*