Conselho do Agro discute Renovabio

Brasília (07/12/2017) – O Conselho do Agro fez nesta quinta (7) a última reunião de 2017, na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília. Um dos temas da pauta foi o Renovabio, programa do governo federal criado para estimular a produção de biocombustíveis a partir de fontes de energia limpas e renováveis.  

Lançado há um ano, o programa ficou em consulta pública no início de 2017 e o governo encaminhou projeto de lei sobre o tema ao Congresso Nacional. A matéria foi aprovada pela Câmara e aguarda votação no Senado, o que deve ocorrer na próxima semana.

Convidados pelo Conselho, o secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix Carvalho Bezerra, e o diretor de Biocombustíveis do órgão, Miguel Lacerda, fizeram uma exposição sobre o tema e destacaram a importância do setor agropecuário para a produção de energia ambientalmente sustentável.

 
Miguel Lacerda e Márcio Félix, do Ministério de Minas e Energia

As entidades que integram o Conselho apoiaram a aprovação do Renovabio para incentivar o uso de cana-de-açúcar e outros produtos agrícolas para produção de biocombustíveis, além de mitigar os efeitos das mudanças climáticas com a redução de Gases de Efeito Estufa (GEE) e do uso de combustíveis fósseis.

Coordenador da reunião, o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Andrade, afirmou que, com o Renovabio, o país mais uma vez dará exemplo de sustentabilidade ambiental e os investimentos em biocombustíveis vão gerar mais empregos e renda. 


Alexandre Andrade, presidente da Feplana

Imagem do Agro – No encontro, o presidente da CNA, João Martins, falou sobre a importância de fortalecer a imagem do agronegócio brasileiro, estreitando a relação entre produtores, indústrias e consumidores, a partir do engajamento de todos os setores.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br
senar.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

http://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*