Faculdade CNA aproxima estudantes dos produtores rurais

Brasília (11/10/2017) – A 3ª Jornada Acadêmica da Faculdade CNA  proporciona aos estudantes de graduação em Agronegócio a reflexão sobre empreendedorismo e inovação para o setor agropecuário. O evento segue nesta quarta-feira (11/10) com debate sobre o movimento de Empresa Júnior no Brasil e a apresentação de proposta para a criação de uma para prestar serviços ao produtor. 

A Jornada Acadêmica é um evento de Extensão, que associada ao ensino e pesquisa forma o tripé da formação Faculdade CNA. Na primeira noite do evento, nesta terça-feira (10/10), os estudantes assistiram à palestra sobre Empreendedorismo e Inovação no Agronegócio, ministrada pelo empresário e consultor Ernani Espírito Santo. 

O diretor-geral da Faculdade CNA, Daniel Carrara, reforçou que a entidade foi criada para promover o elo entre alunos, produtores rurais e demais profissionais que trabalham na agropecuária. “Quando a gente trata de integração existem diversas formas, como o estágio, a interação com os produtores e participação em eventos. Além disso, a proposta de criação da Empresa Junior é muito moderna e atual, aliando a teoria aprendida em sala de aula à prática do campo”, disse Carrara. 

O estudante do 4º semestre, Lúcio Pablo Silva Nascimento, é um dos idealizadores da proposta de criação da Empresa Junior. “Pretendemos colocar em prática aquilo que nós aprendemos em sala de aula oferecendo serviços aos produtores, com o suporte dos professores orientadores”, contou Pablo. 

 

Para o coordenador de Extensão, Alexandre Gessi, a prática fortalece o profissional para torná-lo referência. “A gestão de uma Empresa Júnior é realizada completamente pelos estudantes, proporcionando a eles situações reais do mercado de trabalho, onde terão a oportunidade de prestar consultoria, acompanhar profissionais e produtores rurais. Tudo isso com uma banca de professores especialistas dando o apoio necessário”, explicou. 

 
A coordenadora do curso de graduação, Sofia Mitsuyo Taguchi da Cunha, reforçou que o Ensino não pode ser desvinculado da Extensão e da Pesquisa. “Esse é um importante viés da formação para debater outros interesses voltados para a aprendizagem. Então, a gente abre a faculdade para o público externo porque o conhecimento não pode estar fechado dentro da instituição”, finalizou. 
 
Assessoria de Comunicação Sistema CNA/SENAR
Fotos: Tony Oliveira
Telefone: (61) 2109 1419
senar.org.br
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA

http://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*